Uma explosão numa movimentada avenida, perto de uma estação rodoviária em Yola, nordeste da Nigéria, fez, esta quinta-feira, 40 mortos, incluindo cinco soldados, disseram testemunhas no local à agência Reuters.

 

Fonte da segurança do país, e testemunha, Abubakar Adamu, que quase foi atingido pela explosão, disse que vários autocarros foram incendiados na sequência da explosão, que ocorreu na interseção Marabi-Mubi.

 

Segundo a mesma fonte, o ataque estará relacionado com o grupo radical islâmico, Boko Haram, que tem feito vários ataques semelhantes no país.