O rapaz de sete anos que sobreviveu durante quase uma semana após ser abandonado pelos pais numa floresta teve hoje alta do hospital, acabando com um drama que cativou o Japão e acendeu o debate sobre disciplina infantil.

A polícia disse que os pais não vão ter nenhuma consequência por terem abandonado Yamato Tanooka como castigo por atirar pedras, apesar da revolta pública generalizada.

Yamato estava muito alegre quando saiu do hospital municipal de Hakadate no norte da ilha de Hokkaido.