Sete rebeldes xiitas e cinco partidários do governo iemenita no exílio foram mortos esta quinta-feira em novos combates em Áden, no sul do país, indicou fonte militar.

Os confrontos eclodiram no norte da grande cidade portuária, atingida na quarta-feira por ‘rockets’ Katyusha, um ataque atribuído às milícias xiitas ‘huthis’ que fez 31 mortos e 103 feridos.

Os ‘huthis’ tentaram um avanço na área de Bassatine, mas entraram em confrontos com membros dos Comités de Resistência Popular, grupos paramilitares, partidários do presidente exilado Abd Rabbo Mansour Hadi, e combatentes voluntários, disse o responsável.