Uma das vítima do 11 de setembro foi identificada esta quinta-feira, 13 anos depois da tragédia que abalou os Estados Unidos. 

Trata-se de Matthew David Yarnell, de Nova Jérsia, que tinha 26 anos quando morreu e trabalhava como assistente do vice-presidente da empresa «Fiduciary Trust».

Os restos mortais da vítima, encontrados nos escombros do World Trade Center, foram analisados novamente e, detsa vez, foi possível obter a identificação do jovem.

O número de vítimas da tragédia identificadas sobe assim para 1640.

Das 2753 pessoas desaparecidas após o atentado perpetrado pela Al-Qaeda, os restos mortais de 1113 nunca foram encontrados. Apesar disso, as autoridades passaram certificados de óbito para todas as vítimas.