Os Serviços Secretos detiveram um homem que dirigiu até um posto de controlo da Casa Branca na noite deste sábado e alegou ter uma bomba no carro, disseram à CNN duas autoridades policiais.

Não houve confirmação sobre se havia qualquer dispositivo no veículo, mas a segurança na Casa Branca foi imediatamente avisada e veículo inspecionado.

O incidente ocorreu pelas 23:05 de Washington, segundo fonte dos Serviços Secretos. Quatro horas depois, o ponto de controlo em questão permanecia fechado, mas as ruas foram reabertas, e a brigada anti-bombas e outros agentes de segurança deixaram a área.

Os Serviços Secretos descreveram o incidente como uma "investigação criminal em andamento".

No momento da ocorrência, o presidente, Donald Trump, estava na sua propriedade de Mar-a-Lago, na Flórida, onde passa a maior parte dos fins-de-semana.

Antes, também este sábado, outra pessoa foi presa depois de saltar sobre um suporte de bicicletas em frente à Casa Branca. O homem, que nunca chegou a estar próximo da residência oficial do presidente, carregava um documento que queria entregar à Casa Branca e não tinha qualquer arma, disse um agente da autoridade citado pela CNN.

Os incidentes acontecem uma semana depois de um homem ter invadido os terrenos da Casa Branca  e permanecer na propriedade por mais de 15 minutos.