Um andaime temporário cobre desde quarta-feira o edifício que, nos últimos dias, provocou danos em veículos e lojas em Londres por causa dos raios de sol que se refletiam na sua superfície vidrada.

O desenho côncavo da fachada de um edifício de 37 andares, em fase final de construção, faz com que a luz se concentre em alguns pontos das ruas circundantes, tendo provocado um pequeno incêndio num cabeleireiro e derretido um espelho retrovisor de um Jaguar, entre outros danos.

A construtora Land Securities, responsável pela construção do edifício, comprometeu-se a realizar as reparações necessárias e a avaliar de novo o projeto arquitetónico para evitar que continue a ter estes efeitos.

«Estamos em contacto com os comerciantes da zona para mantê-los informados e contamos com os seus comentários para decidir a ação necessária», afirmou o porta-voz da empresa.

A torre de vidro, apelidada de Walke Talkie, situado no número 20 da Fenchurch Street e que deve estar terminada no final deste ano, está avaliada em cerca de 200 milhões de libras (234 milhões de euros).