O vulcão Mayon, nas Filipinas, registou esta quinta-feira as explosões mais fortes desde que, na passada semana, as autoridades elevaram o alerta de eventual erupção, segundo os vulcanólogos citados pela EFE.

VEJA AS IMAGENS

«As explosões desta quinta-feira deitaram pela cratera mais quantidade de cinza que nos últimos dias, pelo que acreditamos que este é o início da erupção», disse Eduardo Laguerta, chefe do observatório que supervisiona a actividade do vulcão.

O Instituto de Vulcanologia advertiu que o Mayon pode entrar em erupção «nos próximos dias se a sua actividade continuar intensa».

«Durante os últimos dez dias o Mayon produziu 20 milhões de metros cúbicos de lava e parece que se está a encher de magma», explicou.