O vulcão da Montanha Redoubt, na região norte-americana do Alasca, entrou segunda-feira (hora de Lisboa) em erupção cinco vezes, lançando na atmosfera uma «nuvem» de cinza com 14,5 quilómetros, refere a Lusa.

Pequenas localidades do Norte de Anchorage foram atingidas por finas camadas de cinza, que podem causar problemas na pele, olhos e nas vias respiratórias, assim como estragos em avionetas e automóveis.

A companhia Alaska Airlines cancelou 19 voos com partida e chegada de Anchorage, onde a Força Aérea foi obrigada a abrigar a sua esquadra.

A primeira erupção do vulcão ocorreu no domingo (segunda-feira de manhã, hora de Lisboa) perto de Cook Inlet, na Península de Kenai.

No mesmo dia registaram-se 40 a 50 sismos, sem provocarem quaisquer danos.

O vulcão estava adormecido há 20 anos, altura em que entrou em erupção, lançando as cinzas a uma distância de 240 quilómetros e que incendiaram os quatro motores de um voo da KLM, que desceu em queda livre mais de 3,2 quilómetros antes da tripulação ter conseguido restabelecer o funcionamento dos motores e aterrar em segurança.