O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse que a Rússia expulsará 755 funcionários diplomáticos norte-americanos. Moscovo pondera ainda impor medidas adicionais contra os Estados Unidos como resposta às novas sanções.

Acho que era hora de mostrar que não vamos deixar isso sem uma resposta", afirmou Putin em entrevista à televisão estatal russa Vesti TV, segundo reportam agências noticiosas internacionais.

Vladimir Putin assegurou, contudo, não pretender avançar com represálias adicionais no imediato contra os Estados Unidos.

Sexta-feira, Moscovo terá ordenado aos Estados Unidos para reduzirem até 1 de setembro o seu pessoal diplomático na Rússia para 455 pessoas, o mesmo número que os russos têm na sua embaixada em Washington.