Os casos de febre hemorrágica causada pelo vírus Ébola subiram para 1323, totalizando 729 mortes em quatro países, Guiné-Conacry, Libéria, Nigéria e Serra Leoa, com 57 óbitos em apenas quatro dias, anunciou esta quinta-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Entre os dias 24 e 27 de julho, um total de 122 novos casos (confirmados em laboratório, casos prováveis e suspeitos) da febre hemorrágica causada pelo vírus Ébola, assim como 57 mortes foram notificados na Guiné-Conacry, Libéria, Nigéria e Serra Leoa, informou ainda a OMS na sua página na Internet.

A Guiné-Conacry já registou 460 casos (336 confirmados, 109 prováveis, 15 suspeitos) e 339 mortes, enquanto a Libéria notificou 329 casos (100 confirmados, 128 prováveis, 101 suspeitos) e 156 mortes.