O Presidente dos Estados Unidos marcou presença na 57.ª edição dos prémios Grammy. Barack Obama enviou um vídeo com uma mensagem contra a violência doméstica.

«Não está certo e deve acabar». «Depende de nós, de todos nós, criar uma cultura onde a violência não é tolerada, onde os sobreviventes são ajudados e onde todos os jovens, homens e mulheres, possam chegar tão longe quanto o seu talento e os seus sonhos».


Assinalando que «os artistas têm um poder único para mudar mentalidades e atitudes, para nos fazer pensar e falar sobre o que importa», Obama disse ainda que «todos nós, através das nossas vidas, temos o poder de dar o exemplo».