A polícia confirmou neste sábado a prisão de mais dois homens que estariam envolvidos na violação enforcamento de duas adolescentes na Índia. São já cinco os suspeitos detidos. Outros dois continuam em fuga.

Corpos de jovens violadas e enforcadas ficaram nas árvores

De acordo com o superintendente da polícia local, Atul Kumar Saxena, em declarações à agência indiana «PTI», as prisões ocorreram durante a noite de sexta-feira e a manhã de sábado, no horário local. A mesma fonte adianta que, como os outros suspeitos que já haviam sido detidos, os dois últimos detidos pertencem à casta Yadav. As adolescentes mortas são dalits, consideradas intocáveis.

Entre os detidos, estão dois polícias, acusados de «conspiração criminosa», por negarem ajuda aos familiares das vítimas, que na noite de terça-feira tinham descoberto que as adolescentes estavam sequestradas e mantidas em cativeiro numa casa da cidade.