Um tribunal de Settat, no centro de Marrocos, condenou à pena de morte um jovem de 22 anos por violar e matar duas meninas de dez anos, informou a agência oficial de notícias MAP.

O crime ocorreu em fevereiro numa localidade perto de Berrechid, no centro de Marrocos, quando as duas meninas se dirigiam para uma loja, e o jovem, armado com uma faca, as obrigou a acompanhá-lo para um local deserto, onde as violou e matou.

O jovem foi detido a 19 de fevereiro e, segundo a imprensa local, foram o próprio pai e um tio que descobriram os cadáveres das meninas.