Khaoula, uma adolescente marroquina de 17 anos obrigada a casar com o homem que a violou, foi violentamente agredida por ter pedido o divórcio, revelou esta terça-feira a imprensa de Marrocos.

De acordo com o jornal Tel Quel, que cita uma fonte da Associação Marroquina de Direitos Humanos, Khaoula foi hospitalizada com múltiplos cortes que a desfiguraram na cara, braços e mãos, em consequência da agressão sofrida no domingo em Marraquexe.

O autor das agressões é o homem com quem foi obrigada a casar há um ano e que terá dito, segundo os media: «Juro que, depois de mim, mais ninguém casará contigo».