Pelo menos 54 jovens detidos num reformatório de São Paulo conseguiram fugir após um motim.

O diretor do estabelecimento foi ferido e dezenas de funcionários foram feitos reféns. A fuga de dois detidos foi filmada no exterior do reformatório.

A instabilidade começou quando mais de 100 jovens se preparavam para fugir do centro de reclusão.

Vinte e nove pessoas foram levadas para o hospital, algumas encontram-se em estado crítico.

A polícia continua à procura dos jovens foragidos. Dos 54 que escaparam, 17 já foram capturados.