Imigrantes da África subsariana foram agredidos na fronteira que separa Marrocos e Melilha, território espanhol independente.

O vídeo foi gravado de noite, mas a luz da lanterna permite ver seis pessoas a atravessarem uma porta e a serem agredidas. Os imigrantes são atingidos por bastões e com pontapés.

As imagens foram reveladas por uma organização não-governamental, a Prodein, que trabalha em Melilha. A ONG revelou que as agressões são feitas por polícias marroquinos fardados e agentes da Guarda Civil.

Este não é o primeiro vídeo de agressões a imigrantes partilhado pela organização.