O acidente do Boeing 737 da Tatarstan Airlines, que provocou 50 mortos na Rússia , foi filmado por uma câmara de videovigilância.

As imagens captadas, no domingo, numa das pistas do Aeroporto Internacional de Kazan, a 800 quilómetros de Moscovo, estão a colocar em dúvida as declarações das autoridades russas, que afirmaram que o avião se despenhou numa segunda tentativa de aterragem.

As imagens, reveladas esta segunda-feira, foram feitas por uma câmara do aeroporto e estão a ser divulgadas pelo site russo Life News e pela agência Ria-Novosti. O vídeo mostra que a aeronave mergulhou em direção ao solo.

«O avião simplesmente caiu», disse entretanto aos jornalistas o ministro dos Transportes, Maxim Sokolov. «O avião estava vertical, praticamente vertical», acrescentou.

O governante sublinhou que a caixa negra com a gravação das informações do voo, encontrada esta segunda-feira, terá de ser analisada para mais informações.

Rússia: Boeing 737 já tinha tido grave acidente no Brasil

A queda e a explosão do aparelho despertaram novas preocupações sobre o histórico de falta de segurança aérea na Rússia, num momento em que o país se prepara para receber os Jogos Olímpicos de Inverno na cidade de Sochi. Um evento, em fevereiro, em que o presidente Vladimir Putin colocou em jogo o prestígio pessoal.