A região de Donetsk declarou-se independente da Ucrânia, um dia depois do referendo em que 89% dos votantes da região separatista do leste ucraniano apoiaram a secessão.

A declaração foi feita pelo autodenominado «governo provisório» de Donetsk.

No domingo, as regiões ucranianas de Donetsk e Lugansk votaram em referendo. Segundo números divulgados esta segunda-feira pelas comissões eleitorais locais, 89% dos votantes em Donetsk e mais de 94% em Lugansk aprovaram a independência.

Segundo a agência Reuters, o líder dos separatistas de Donetsk já confirmou que vai pedir ao governo da Rússia que considere a integração da região na Federação.