Atualizada às 23:00

As autoridades elevaram esta quarta-feira para 274 o número de mortos na sequência da explosão, seguida de incêndio, ocorrida, na terça-feira, numa mina de carvão em Manisa, na zona ocidental da Turquia, avança a Reuters.

Aquando da explosão havia 787 mineiros no interior da mina, dos quais 363 conseguiram sair, segundo disse esta quarta-feira o ministro da Energia, Taner Yildiz, em declarações aos jornalistas.

«Enfrentamos uma situação muito grave», afirmou durante uma visita ao local, indicando que se registaram 80 feridos - quatro dos quais graves.

De acordo com a Reuters, cerca de 100 trabalhadores ainda estarão presos dentro da mina, segundo revelou o primeiro-ministro, Tayyip Erdogan.