O número de mortos no forte sismo que sacudiu, esta terça-feira, o sudoeste do Paquistão e que deu origem a uma nova ilha, subiu esta quarta-feira para 327, enquanto o de feridos é de quase a 400, informaram as autoridades.

O tremor de terra, de magnitude 7,7 na escala de Richter, que ocorreu pelas 16:29 locais (12:29 em Lisboa), abalou o distrito de Awaran, na remota província do Baluchistão, destruindo inúmeras casas.

Teme-se que o número de vítimas possa ainda aumentar, uma vez que há ainda muitas pessoas no meio dos escombros. Imagens mostram vários edifícios reduzidos a escombros.