De visita à Arábia Saudita, o príncipe Carlos de Inglaterra foi convidado da família real para uma inesperada dança tradicional.

Vestido com trajes sauditas, o herdeiro da coroa britânica dançou o Ardah junto com elementos masculinos da realeza local.

De espada na mão, Carlos esforçou-se por acompanhar os outros homens, embalado pelo som dos tambores e da poesia, embora um pouco perdido nestes ritmos.

O Ardah é celebrado nos eventos culturais sauditas, como por exemplo o festival Janadriah organizado pela guarda nacional.

Todos os anos, ao longo de duas semanas, cerca de um milhão de pessoas visita o festival, onde também se realizam as tradicionais corridas de camelos, mas nunca com tanta visibilidade como com o príncipe de Gales.