A polícia evacuou a meta da maratona de Boston na noite de terça-feira, forçando centenas de pessoas a deixar o local, depois de ter identificado duas mochilas abandonadas no momento em que se assinalava o primeiro aniversário do atentado bombista que vitimou três pessoas na edição de 2013 da prova.

Especialistas em explosivos analisaram o perímetro para garantir que as malas suspeitas não continham qualquer material perigoso.

Ao final da noite as autoridades anunciaram a detenção de um jovem que abandou uma mochila junto à meta da maratona de Boston.





Um agente da polícia de Boston achou estranho o comportamento do homem que vestia roupas pretas e tinha um véu da mesma cor sobre o rosto, informou o chefe da polícia da cidade, Randall Halstead, ao recordar o movimento suspeito do jovem que estava junto ao local onde há um ano morreram três pessoas e outras 260 ficaram feridas.

O suspeito, que deixou cair a mochila quando o agente o chamou à atenção, enfrenta agora uma acusação de posse de um falso artefacto e conduta desordeira, perturbando a paz e a ordem pública.