A tempestade que afeta o sudeste dos Estados Unidos já provocou nove mortos, além de ter deixado quase 300 mil casas e estabelecimentos comerciais sem eletricidade nos estados de Alabama, Georgia e Carolina do Norte e do Sul.

Engarrafamentos com milhares de veículos, como os que ocorreram há duas semanas em Atlanta durante um nevão semelhante, são agora cenários comuns na Carolina do Norte e no Tennessee, onde os condutores deixaram os veículos abandonados nas autoestradas depois de se verem impedidos de continuar caminho.

O número de mortos da tempestade subiu para nove nas últimas horas, a maioria dos quais resultantes de acidentes de trânsito devido às condições do tempo que tornam quase impossível o trânsito nas vias.

Centenas de milhares de lares na região sudeste dos Estados Unidos ficaram sem eletricidade na quarta-feira à noite na sequência da nova tempestade, que deverá provocar queda intensa de neve na zona leste do país.

O Presidente norte-americano, Barack Obama, declarou na quarta-feira o estado de emergência em 45 condados na Geórgia e na Carolina do Sul, dois Estados da região sudeste do território norte-americano.

A decisão presidencial permite que os serviços federais responsáveis pela gestão de situações de emergência possam atuar no terreno.