Um helicóptero das forças armadas da Ucrânia explodiu, sexta-feira, na sequência de um ataque num aeródromo do leste do país.

Um atirador furtivo terá disparado para o tanque de combustível do aparelho, resultando em múltiplas explosões.

O local do ataque fica apenas a 15 quilómetros da cidade rebelde de Slaviansk, onde sete mediadores internacionais da OSCE continuam sequestrados, acusados de serem espiões da NATO.