Pelo menos cinco pessoas morreram no centro-oeste dos Estados Unidos e dezenas ficaram feridas na sequência de fortes tempestades e tornados, informaram as autoridades locais, prevendo um aumento do número de vítimas.

O chefe da agência de gestão de desastres do Estado norte-americano do Illinois, Jonathon Monken, disse à CNN no domingo que pelo menos cinco pessoas morreram na região, considerando que o número de vítimas poderá aumentar «significativamente».

De acordo com a televisão local, pelo menos 37 pessoas estão a receber tratamento hospitalar no Illinois.

Jonathon Monken referiu também que pelo menos 70 casas foram completamente destruídas e centenas sofreram danos devido aos fortes ventos, que viraram carros e arrancaram árvores no centro-oeste dos Estados Unidos.

Quatro abrigos da Cruz Vermelha foram abertos no Illinois.

Mais de 64.600 casas ficaram sem eletricidade devido aos tornados, segundo a Duke Energy, e na área metropolitana de Indianápolis outros 16 mil lares foram também afetados pelos cortes elétricos.

A Casa Branca indicou que o presidente norte-americano, Barack Obama, está a acompanhar a situação.

O governador do Illinois, Pat Quinn, alertou os residentes do estado para se manterem em casa.