As Coreias do Norte e do Sul trocaram fogo de artilharia junto à fronteira marítima, com Seul a pedir aos residentes de duas ilhas situadas nas imediações para se refugiarem em abrigos face ao aumento da tensão. De acordo com informação avançada pela Agência Reuters, a Coreia do Norte terá efetuado mais de 500 disparos e a Coreia do Sul respondeu com pelo menos 300.

«Obuses disparados pela Coreia do Norte caíram no nosso lado [da fronteira] e nós replicamos abrindo fogo», declarou um porta-voz do Estado-Maior da Armada sul-coreana à agência AFP.

Os disparos de ambos os lados aparentemente não foram dirigidos contra alvos específicos. «Até ao momento, as duas partes atiraram para o mar», disse a mesma fonte.