Pelo menos três pessoas morreram e outras 40 podem estar presas entre os escombros de um prédio residencial que desabou esta sexta-feira em Bombaim, disse fonte da unidade de gestão de desastres da cidade situada no oeste da Índia.

Num primeiro balanço, o chefe daquele serviço, Mahesh Naverlar, citado pela agência Efe, disse haver «pelo menos dois mortos, oito feridos e mais de 60 encurralados».

O edifício residencial, de cinco andares, desabou às primeiras horas desta sexta-feira, quando a maior parte dos ocupantes do imóvel ainda dormia.