Não houve vítimas de um enorme incêndio no Bangladesh que engoliu um edifício de 10 andares a 40 quilómetros a sul da capital, Daca.

As chamas deixaram em cinzas uma fábrica têxtil. Na origem do sinistro terá estado uma chama provocada por trabalhadores furiosos com rumores sobre a morte de um colega vítima de tiros da polícia.

O setor de vestuário é vital para este país sul-asiático, cujos salários baixos e ausência de barreiras alfandegárias para os mercados ocidentais ajudaram a torná-lo o segundo maior exportador de vestuário do mundo, logo atrás da China.

No entanto, uma série de incidentes, incluindo o desabamento de um prédio em que morreram mais de 1.100 pessoas, provocou um alerta global sobre os baixos padrões de segurança na indústria de vestuário do Bangladesh.