Um turista britânico, de férias em Cancun, no México, não ganhou para o susto quando foi atacado por um crocodilo durante uma partida de golfe com os amigos. Dougie Thompson, de 58 anos, tentava pontuar no campo, mas acabou com 200 pontos na perna feitos pelo médico.

De acordo com o Daily Mail, o escocês, pai de dois filhos, deslocou-se ao México para um casamento. Quando ia tentar bater uma bola, um crocodilo surgiu detrás de uns arbustos e mordeu-lhe a perna.

O caso não terminou em tragédia graças à rápida intervenção dos amigos, que seguiam num carrinho de golfe. Os homens atropelaram o animal até que deixasse de morder Dougie Thompson e também usaram os tacos para bater no animal.

«A minha perna parecia tirada de uma montra de um talho», afirmou ao Daily Mail. «Não sentia dor nenhuma, estava em choque total. [O crocodilo] era como um brinquedo gigante, olhos pretos a fitarem-me», contou. «Bater-lhe foi como acertar numa parede de tijolos», explicou.

Thompson ficou bastante maltratado e teve de ser operado de urgência. Nos ferimentos, na perna e na cintura, os médicos deram mais de 200 pontos. O escocês está em «condição estável» e a família prepara-se para o levar de volta para Toronto, no Canadá, onde está a viver.

Dougie Thompson diz estar grato pelo facto de terem sido três amigos a sair para ir jogar golfe.

«Ao princípio, o plano era irmos só dois amigos jogar golfe. Se tivesse sido esse o caso, um amigo apenas não seria suficiente [para me ajudar a escapar do crocodilo]», contou. «[O crocodilo] ter-me-ia arrastado para o fundo da lagoa e eu teria sido o jantar», sublinhou.