A Defesa Civil do Espírito Santo confirmou a morte de mais três pessoas devido às chuvas, o que elevou o número de mortos no sudeste brasileiro para 41, sendo 23 naquele estado e 18 em Minas Gerais.

As três novas mortes foram divulgadas na noite de quinta-feira e ainda há duas pessoas desaparecidas, apesar de uma trégua dos temporais. Ao todo, mais de 60 mil pessoas ficaram desalojadas e estão em casa de familiares e amigos ou em abrigos públicos.

Ainda de acordo com a Defesa Civil, 50 municípios foram afetados.

A presidente Dilma Rousseff, que visitou Espírito Santo no último dia 24, irá sobrevoar hoje as regiões mais atingidas de Minas Gerais. Em seguida, participará numa reunião sobre medidas de emergência para o estado.