Doze homens foram mortos na madrugada de segunda-feira, em Campinas, no Brasil.

A polícia está a investigar os homicídios e procura testemunhas que possam ajudar a explicar o que sucedeu, mas por enquanto não existem suspeitos.

Depois destes crimes registaram-se outros atos de violência na região de Ouro Verde. Cerca de 40 pessoas, muitas com os rostos cobertos, munidas de paus, pedras e substâncias inflamáveis, queimaram três autocarros num terminal rodoviário e outros sete ficaram completamente destruídos.

Após o ataque, o terminal foi fechado e as operações só foram retomadas quando a polícia militar garantiu a segurança.

A tropa de choque da polícia militar, a guarda municipal e polícias militares foram destacados para o local.

As autoridades apuram agora a relação entre estes incidentes e os homicídios de segunda-feira.