O El Corte Inglés retirou um anúncio do Youtube. A dúvida é “porquê?”. O filme publicitário já não está disponível na página oficial do retalhista, mas ainda pode ser visto no Youtube. Inserido na campanha de regresso às aulas, em Espanha, o anúncio mostra dois homens que forram os livros dos filhos.

 

 

O filme publicitário tem pouco mais de 20 segundos, mas foi o suficiente para indignar os mais conservadores, que lançaram uma campanha contra a presença de uma família homossexual no comercial e saíram em “defesa dos direitos das crianças”, segundo a sua página HazteOir.

Embora a justificação oficial do El Corte Inglés para a retirada do anúncio se prenda com a fim do prazo para utilizar os direitos de autor das músicas, segundo cita o El País, o movimento que lançou a petição contra o vídeo arroga-se da vitória.

 

Ao mesmo tempo, surgiu outro movimento contra a retirada do anúncio, que até conseguiu mais do dobro das assinaturas. Este movimento que critica a abordagem homofóbica, não se conforma com a decisão da cadeia de lojas e, pergunta ao El Corte Inglés “o porquê”.