Uma estudante norte-americana, que sobreviveu aos atentados na Maratona de Boston em abril de 2013, morreu num acidente de carro durante as férias no Dubai, informou a universidade Northeastern, na segunda-feira.

Priscilla Perez Torres, outra estudante da mesma universidade, também morreu no acidente.

A Northestern, em Boston, não adiantou mais detalhes sobre as circunstâncias em que o acidente ocorreu.

A 15 de abril de 2013, então com 20 anos, Victoria McGrath sofreu várias lesões nas pernas devido aos estilhaços de uma das bombas que explodiu na linha da meta. Neste ataque terrorista, morreram três pessoas e quase 300 ficaram feridas.  

A imagem de Victoria McGrath nos braços do bombeiro que a socorreu tornou-se icónica nos Estados Unidos. Jimmy Plourde, que surgiu ao lado da jovem estudante em várias homenagens, lamentou a perda da jovem que considerava uma grande amiga.

“Depois dos atentados na Maratona de Boston, Victoria tornou-se numa parte importante da minha vida e da da minha família. Dizem que a salvei, mas, na verdade, foi Victoria quem me salvou e à minha família, com o seu amor, o seu apoio e a sua amizade, que nos ajudaram a lidar com os atos de 15 de abril de 2013”, disse o bombeiro à WFXT, uma afiliada da Fox em Boston. 

My herooo helping me throw out the first pitch! Go Red Sox!

Publicado por Victoria McGrath em  Domingo, 15 de Setembro de 2013

Victoria McGrath, natural de Weston, no Connecticut, era finalista do curso de administração de empresas.