O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou na segunda-feira que vai pedir ao parlamento poderes especiais para combater a corrupção e vai decretar uma «emergência nacional» para impulsionar esta luta.

«Como Presidente e chefe de Estado, vou decretar uma emergência nacional na luta contra a corrupção e vou pedir poderes especiais [ao parlamento] para avançar com um processo de reforma das leis e de mudança institucional de modo a lançarmos um combate profundo» à corrupção, disse Maduro num evento com jovens em Caracas.

O Presidente venezuelano indicou que as mudanças deverão ter por base a Constituição e exortou os jovens e «todo o povo» a lutar «contra a corrupção».