Vanessa Trump, nora do presidente dos EUA, foi levada ao hospital, por precaução, após abrir um envelope que continha uma substância não identificada. De acordo com fonte oficial citada pela imprensa internacional, a carta tinha como destinatário Vanessa e Donald Trump Jr..

Segundo a AP, a nora de Donald Trump começou a tossir e a sentir-se nauseada depois de ter aberto o envelope e por isso foi levada ao hospital. 

Outras três pessoas que se encontravam presentes quando a carta foi aberta foram levadas para o Centro Médico Presbyterian-Weill Cornell, em Nova Iorque, por precaução, garante o Departamento de Bombeiros da Cidade de Nova Iorque.

Não há informações de que as pessoas levadas ao hospital tenham sofrido ferimentos ou sinais de que dentro do envelope estivesse pó químico.

Horas depois de Vanessa Trump ter sido levada ao hospital, o filho de Donald Trump usou o Twitter para falar sobre a "situação assustadora" que a família viveu durante a manhã.

"É verdadeiramente nojento que certas pessoas escolham expressar as suas visões opostas com comportamentos tão perturbadores", escreveu Donald Trump Jr.