Mortes em catadupa,  estradas a derreter: o cenário, na Índia, é catastrófico. A onda de calor mais mortífera dos últimos 20 anos está, a cada dia que passa, a mostrar a sua força. No  espaço de um dia, mais 400 pessoas perderam a vida.

As autoridades de Nova Deli pediram aos hospitais da capital para tratarem com urgência as vítimas. Já morreram 1.800 pessoas no país.  

Centenas de pobres, essencialmente pobres, morrem todos os anos na Índia no pico do calor do verão, mas o balanço deste ano é já duas vezes maior do que o de um ano médio, com a agravante de, segundo os especialistas, os números ficarem aquém da realidade.

A maior parte das vítimas foram registadas nos estados do sul, o de Telangana e o de Andhra Pradesh, onde os médicos dizem enfrentar nos hospitais um afluxo de vítimas de insolação e de desidratação.