Os Serviços Meteorológicos e Geofísicos de Macau vão hastear hoje às 11:00 locais (04:00 em Lisboa) o sinal número 3 de tempestade tropical devido à aproximação do super tufão Usagi.

Os sinais de tempestade tropical ¿ numa escola de 1 a 10 onde não existem o 4, 5, 6 e 7 ¿ são hasteados tendo em consideração não só a aproximação da tempestade à cidade, mas também a intensidade dos ventos.

Em declarações à agência Lusa, Fong Soi Kun, diretor dos Serviços de Meteorologia, explicou que a tempestade estava às 10:00 locais a 460 quilómetros a leste de Macau deslocando-se a 18 quilómetros por hora para oés-noroeste.

A tempestade, considerada a pior de 2013 e com a classificação de super tufão, enfraqueceu e regista agora ventos médios perto do centro de 165 quilómetros por hora e rajadas de 185 quilómetros por hora.

Fong Soi Kun disse também que o tufão atinge a costa num ponto a cerca de 100 quilómetros de Macau, mais perto de Hong Kong, e que ¿depois da sua entrada em terra, perderá força, mas aproxima-se mais de Macau pelo que o estado do tempo estará durante várias horas sob a influência da tempestade¿.

«O sinal número oito de tempestade deverá ser hasteado ao início da noite e deverá prolongar-se pela madrugada e manhã de segunda-feira», afirmou ao apelar para que a população «permaneça em casa e verifique janelas, portas e objetos que possam ser arrastados pela força do vento».

O mesmo responsável acrescentou ainda que Macau e as ilhas da Taipa e de Coloane poderão registar várias inundações devido às fortes chuvas que se vão fazer sentir.

Além de inundações em Taiwan, a deslocação do Usagi na região asiática provocou também, pelo menos, dois mortos nas Filipinas, um arquipélago anualmente fortemente penalizado pelas tempestades tropicais.