Cerca de 6,6 milhões de crianças vítimas da guerra civil na Síria precisam de ajuda, alertou esta sexta-feira o Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF), receando que a falta de fundos obrigue a uma redução da ajuda.

«É um número aterrador e que aumenta rapidamente», advertiu um porta-voz da organização, Simon Ingram, durante um encontro com a imprensa em Genebra (Suíça).

«Estes números, do corrente mês, representam um aumento de dois milhões relativamente a junho do ano passado, um aumento de cerca de um terço», afirmou.