O primeiro-ministro belga, Herman Van Rompuy, e a comissária europeia do Comércio, a britânica Catherine Ashton, foram escolhidos pelos líderes europeus reunidos, esta quinta-feira, em Bruxelas, para ocupar os cargos de presidente do Conselho Europeu e alta representante para a Política Externa da União Europeia, respectivamente.

Uma fonte diplomática disse à Agência Lusa que os chefes de Estado e de governo da UE chegaram ao consenso num jantar de trabalho convocado pela Presidência do bloco, ocupada pela Suécia, para decidir os nomes dos dois importantes cargos criados com a entrada em vigor do Tratado de Lisboa, a 1 de Dezembro.

Van Rompuy, 62 anos, lidera o governo de coligação da Bélgica há menos de um ano. Democrata-cristão flamengo, é considerado o responsável pelo retorno da estabilidade política no país depois dos repetidos conflitos entre flamengos e francófonos.

Catherine Ashton, 53 anos, trabalhista britânica, foi um nome que surgiu depois da recusa do ministro das Relações Exteriores do Reino Unido, David Miliband.