O presidente da Palestina, Mahmoud Abbas, ameaçou hoje realizar «ações legais e diplomáticas« contra o «cancro» da construção de colonatos israelitas.

A ameaça do presidente palestiniano acontece um dia antes do secretário de Estado dos Estados Unidos, John Kerry, visitar o Médio Oriente.

«Não vamos ser pacientes com a propagação do cancro dos assentamentos, especialmente a leste de Jerusalém e vamos usar o nosso direito como estado observador da ONU através de uma ação política, diplomática e legal para pará-lo», disse Mahumud Abbas, durante um discurso para marcar o 49.º aniversário da fundação do partido Fatah.