O suplemento semanal Sette, que integra o diário Corriere della Sera, assegura na sua edição de hoje que foi descoberto um quadro do génio da Renascença italiana Leonardo da Vinci.

A obra autenticada, um retrato de Isabelle d`Este que se pensava perdido, poderá ter 500 anos e foi encontrado numa caixa forte de um banco suíço.

O jornal refere que o quadro é propriedade de uma italiana que vive perto da Suíça e que tem uma coleção de cerca de 400 pinturas, adquiridas pelos seus antepassados.

Pintado a óleo sobre tela, o quadro tem 61 por 46,5 centímetros e é o perfil de Isabelle d'Este, marquesa de Mantoue.

Refere o jornal que o quadro é "uma fiel transposição de um célebre esboço preparatório exposto no Museu do Louvre [Paris]", que era, até ao presente, a única prova da existência deste quadro.

Especialista em Leonardo da Vinci, o professor Carlo Pedretti afirmou ao jornal que reconhece na obra "o estilo excecional de Leonardo".

Oficialmente, apenas uma quizena de obras são atribuídas a Leonardo da Vinci (1452-1519), entre as quais a famosa Gioconda.