A companhia aérea chinesa de baixo custo Spring Airlines está a contratar pessoal de bordo, dando preferência a mulheres casadas com filhos, noticia hoje The Wall Street Journal.

A primeira companhia chinesa «low cost» (de baixo custo), com sede em Xangai, tem tido um forte aumento na procura e está a procurar aumentar o seu pessoal de bordo. Porém, quer fazê-lo preferencialmente com mulheres casadas e com filhos ¿ a que a gíria das companhias aéreas chama «flight aunties» (tradução literal: tiazinhas de voo).

A Spring Air está a procura de mulheres entre os 25 e os 45 anos, mais «maduras e fiáveis», acreditando que elas trarão ao serviço «diferentes vantagens e competências».