Luis Bárcenas foi o dirigente do PP espanhol mais bem pago pelo partido em 2011 e em 2012, avançou hoje o diário El Mundo.

O jornal, que cita dados da Agência Tributária e do PP fornecidos ao juiz Ruz o âmbito do chamado «caso Bárcenas», refere que, nesses dois anos, Luis Bárcenas recebeu 219 mil e 251 mil euros anuais, respetivamente, tendo estes rendimentos superado os do próprio presidente do PP, Mariano Rajoy.

Desde 2006 que Bárcenas integrava o «ranking» dos quatro dirigentes do PP mais bem pagos, segundo o El Mundo. Em 2006 e em 2007 foi o segundo mais bem pago, depois de Álvaro Lapuerta, em 2008 também foi segundo, mas depois de Mariano Rajoy, e em 2009 foi quarto, depois de Rajoy, María Dolores de Cospedal e Cristóbal Páez.