A organização Peta (Pessoas pelo Tratamento Ético dos Animais) promoveu esta quinta-feira, em Joanesburgo, um evento com corpos nus pintados com as bandeiras das selecções do Mundial, para agradecer o facto de a bola do campeonato do mundo ter sido produzida sem utilizar couro de origem animal.

A iniciativa teve uma grande resposta mediática. 32 modelos exibiram os corpos nus pintados com as cores dos vários países participantes na competição. As jovens modelos exibiam ainda um cartaz a invocar os direitos animais escrito na língua materna.

A Peta também agradeceu ainda a alguns fornecedores de material desportivo por produzirem chuteiras que também não são feitas com material de origem animal. A entidade também informou ser fã de nove jogadores do Mundial que calçam chuteiras de material sintético: Robinho, Cristiano Ronaldo, Deco, Steven Gerrard, Cesc Fabregas, Javier Mascherano, Mesut Özil e Andreas Iniesta.

«Nós damos os parabéns à FIFA pela decisão de banir as bolas de couro bovino dos relvados», disse o director da Peta, Jason Baker.