Quatro trabalhadores morreram e outros dois foram dados como desaparecidos, esta sexta-feira, na sequência da explosão numa fábrica química, localizada na cidade industrial de Ulsan, no sudeste da Coreia do Sul, informaram as autoridades.

A explosão foi registada num tanque de armazenamento de águas residuais de uma das fábricas da multinacional sul-coreana Hanwha Chemical.

O incidente ocorreu numa altura em que trabalhadores realizavam trabalhos de soldadura, detalhou um porta-voz dos bombeiros da cidade de Ulsan à agência noticiosa francesa AFP.