O Governo do Uganda proibiu uma das principais estações televisivas do país de acompanhar as atividades do Presidente, Yoweri Museveni, depois de ter difundido imagens que o mostravam a dormir no parlamento.

«O Presidente tem os seus hábitos, ele medita e eles (as pessoas da estação televisiva) sabem-no, e apesar disso disseram que ele estava a dormir», declarou o responsável pelo centro de informações governamental, Dennis Katungi, citado pela agência de notícias francesa, AFP.

O porta-voz do Governo, Ofwono Opondo, confirmou que a estação NTV Uganda, que pertence ao influente grupo de "media" independente Nation Media Group, foi sancionada.