No leste da Ucrânia, rebeldes pró-russos levaram observadores e jornalistas a dois locais onde dizem ter descoberto corpos de civis e militantes separatistas, aparentemente executados.

Nas imediações de uma mina situada a 35 quilómetros de Donetsk, eram visíveis cinco corpos, que os separatistas dizem ser de civis.

A um quilómetro deste local, os rebeldes mostraram uma outra vala comum, assinalada com uma coroa de flores, uma inscrição com cinco nomes.

Apesar do cessar-fogo, em vigor desde 20 de setembro, esta terça-feira ouviram-se disparos e eram visíveis colunas de fumo em Donetsk.