O Governo alemão anunciou hoje a realização de uma cimeira em Minsk (Bielorrússia), na quarta-feira, com a participação da Rússia, Ucrânia, Alemanha e França para abordar um pacote de medidas que travem a violência no leste da Ucrânia.

Num comunicado, Berlim anunciou a realização da reunião depois de hoje se ter realizado uma conferência telefónica a quatro entre a chanceler alemã, Angela Merkel, e os presidentes da França, François Hollande, Rússia, Vladimir Putin, e Ucrânia, Petro Porochenko.

No entanto, Vladimir Putin já disse que o encontro só terá lugar se por essa altura houver acordo num certo número de pontos.

O presidente ucraniano disse que espera que a reunião conduza a um «cessar-fogo imediato e incondicional». Petro Porochenko realçou que foram feitos alguns progressos na conferência telefónica realizada este domingo.

O encontro de quarta-feira será mais uma tentativa de acordo, após dez meses de conflito no leste da Ucrânia entre rebeldes pró-russos e tropas de Kiev. Já morreram mais de 5.000 pessoas.