A República Autónoma da Crimeia poderá vir a adotar o rublo, moeda oficial da Rússia, caso a integração da península na Federação Russa se concretize.

A região que atualmente é o centro da tensão entre Ucrânia e Rússia diz que, caso a integração avance, também todos as empresas do governo ucraniano serão nacionalizadas.

A notícia é avançada pela agência russa Interfax que cita o vice-primeiro-ministro da Crimeia, Rustam Temurgaliyev.

«Todas as empresas ucranianas serão nacionalizadas e passarão a pertencer à Crimeia», disse Temurgaliyev.

Sobre a adoção da moeda, e esperançoso que a Rússia deixe a Crimeia entrar para a Federação, Rustam Temurgaliyev disse que o país está pronto para «entrar para a zona rublo».

Entretanto, o presidente interino da Ucrânia, Oleksandr Turchynov, já veio descredibilizar as declarações vindas da Crimeia, ao afirmar que as suas decisões são ilegítimas por estarem a ser tomadas de «arma apontada».

A Crimeia vai referendar no dia 16 deste mês a sua integração na Federação Russa.