A companhia aérea norte-americana, US Airways, é o centro da mais recente polémica da internet.

Segundo o «NY Daily News», numa resposta a uma reclamação de um cliente no «Twitter», alguém anexou uma fotografia pornográfica onde se vê uma mulher com um modelo de um avião da companhia nas suas partes intimas.

«Agradecemos o teu feedback, Elle. Se a tua viagem já terminou, podes detalhá-la aqui para revisão e acompanhamento», lia-se acima da imagem.

A companhia já removeu o «tweet» polémico e já pediu desculpas pelo sucedido.

«Pedimos desculpa pela imagem inapropriada partilhada recentemente numa das nossas respostas. Já removemos o «tweet» e estamos a investigar», escreveu a companhia.





No entanto, a US Airways não se livrou de algumas respostas jocosas de alguns dos utilizadores da rede social.

«Algumas pessoas estão a dizer que a US Airways foi pirateada, mas isto parece um trabalho interno», lia-se num dos «tweets».





«Afinal a US Airways tem mais destinos do que pensávamos», lia-se noutro.